Como adestrar um gato? Confira dicas para treinar o seu bichano

É claro que existem inúmeras diferenças entre um cachorro e um gato. No entanto, ao contrário do que muitos dizem por aí, os gatos podem ser treinados sim! Você mesmo pode adestrar o seu gato e ensinar-lhe comportamentos úteis, bem como truques.

A má notícia é que, devido a sua independência natural, os gatos não costumam colaborar muito com os humanos – cá entre nós, eles se acham superiores. E a boa notícia é que, com muita paciência, esforço e criatividade, aprender a como adestrar um gato é completamente possível e nós, do blog Cats, vamos lhe ajudar nisso!

Os gatos tendem a mudar seus comportamentos de acordo com as recompensas que são lhes apresentadas. Se a recompensa é um petisco saboroso, seu gato vai colaborar com o adestramento e o processo ficará mais fácil. Se a “recompensa” é punição e dominação, ele ficará estressado e, obviamente, não vai colaborar nem um pouco.

Então, como adestrar um gato da melhor forma possível? É sobre isso que vamos falar no post de hoje. No artigo de hoje, ensinaremos a como adestrar um gato. Vamos lá?

Antes de qualquer coisa: nunca puna o seu gato!

Como dito anteriormente, a “recompensa” influenciará diretamente no comportamento do seu gato. Aprender a como adestrar um gato é tudo sobre manter o gato feliz. Gatos simplesmente não aprenderão nada com o que alguns proprietários consideram como “disciplinas”.

Punição resulta diretamente em estresse, o que poderia levar a problemas de saúde. Portanto, lembre-se que para adestrar o seu gato e ensiná-lo a fazer diversas coisas, é necessário paciência, positividade e esforço diário.

Comece utilizando um “click”

Frequentemente utilizado como uma ferramenta de treinamento para diversos animais, o “click” é uma “ferramenta” bem eficaz para encurtar o processo de adestramento. Estamos falando do som de “click”, o qual você pode fazer a partir de uma caneta clic. Sabe aquela caneta que você aperta o botão em cima para a ponta aparecer e ela faz “click”? Então, é exatamente desse som que estamos falando.

Ao adestrar um gato, você pode utilizar o “click” para sinalizar que o comportamento do animal foi positivo. Sem o “click”, seu gato pode ficar confuso sobre o porquê ele está sendo recompensado. Sendo assim, quando o seu gato receber um comando, o obedecer, ouvir o clique e, logo em seguida, receber uma recompensa (petisco), é mais provável que ele entenda que o petisco veio por conta do comando bem executado.

Como adestrar um gato para ir até você sempre que você chamá-lo?

Os gatos podem aprender a responder a uma sugestão vocal e executar uma determinada ação. Para ensinar o seu gato a ir até você sempre que você chamá-lo, comece fazendo um ruído antes de alimentá-lo – ou chame-o pelo nome.

Seu gato vai aprender a associar esse ruído com algo positivo, à comida, no caso, e imediatamente olhará para você quando ouvi-lo. Incentive esse comportamento em momentos aleatórios, ou seja, não só antes da alimentação normal. Comece a partir de distâncias curtas e vá aumentando de acordo com o aprendizado do seu gato.

Faça o mesmo ruído de sempre ou simplesmente chame-o pelo nome e, assim que ele chegar até você, recompense-o com um petisco. Recomendamos até duas “sessões de treinamento” por dia, por cinco minutos em média, tempo o qual você pode repetir o comportamento até 20 vezes. Em aproximadamente um mês, o seu gato já deverá ter aprendido a ir até você sempre que você o chamá-lo. Um truque bem útil, não é?!

Como ensinar o seu gato a implorar?

Segure um petisco acima da cabeça do seu gato e dê o comando “implora” ou “pede”. Quando seu gato estiver sobre duas patas e alcançar o petisco, “click” para marcar como um comportamento positivo e, em seguida, dê ao gato o petisco.

Pratique isso até que o seu gato começar a implorar sem precisar de um petisco e, claro, certifique-se de recompensá-lo ainda.

Como adestrar um gato para usar o banheiro?

Adestrar um gato ao ponto de ensiná-lo a usar o banheiro requer certo trabalho, mas você já parou para pensar nos benefícios? Você desfrutaria de uma casa mais limpa.

Primeiro, coloque a caixa de areia do seu gato dentro do seu banheiro. Com o passar dos dias, vá aproximando-a pouco a pouco da parte superior do assento – você pode precisar de algumas listas telefônicas ou de um banquinho para facilitar a vida do seu gato.

Uma vez que o seu gato está acostumado a utilizar a caixa de areia dentro do seu banheiro, está na hora de mudar para uma caixa de areia especial que se encaixa no vaso sanitário (dando um Google, você encontra facilmente lojas que vendem esse tipo de caixa de areia).

Note o quão acostumado o seu gato está com a nova caixa de areia integrada ao vaso sanitário e, no momento certo, remova a caixa inteiramente. Por fim, seu gato estará usando o vaso sanitário como gente grande, digamos.

Recapitulando

Como dito anteriormente, felizmente, é possível sim adestrar um gato e ensiná-lo “truques de cachorros”. Você pode e deve treinar o seu gato para ser um membro mais agradável dentro de casa. Ele e, principalmente, você, se sentirão melhores.

E acredite ou não, você mesmo pode ensinar o seu gato a ir até você sempre que você chamá-lo, utilizar o vaso sanitário e até mesmo implorar. Comece a adestrar seu gato!

Viu só como adestrar um gato não é uma tarefa tão complicada assim e que você mesmo pode realizar? Tem alguma experiência com adestramento de gatos? Gostaria de acrescentar alguma dica? Deixe seu comentário e se interaja conosco!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *