Gato de Bengala

Guia de raças: Gato de Bengala

Gato de Bengala

O Gato de Bengala é ativo, inteligente, amigável e muito brincalhão, sendo caracterizado como uma boa opção para pessoas que gostariam de um companheiro.

Apesar de serem amigáveis e precisarem de carinho e atenção, principalmente na hora de brincar, esses gatos são um pouco mais independentes em relação a cuidados mais específicos e a sua saúde, uma vez que são originários de gatos selvagens. Uma raça carinhosa, mas que consegue se virar bem sozinha, o Gato de Bengala pode ser uma ótima opção de bichinho de estimação.

Origem e História do Gato de Bengala

Possuindo uma distinta pelagem manchada e com um tamanho bastante grande, o gato de Bengala (ou Bengal) ainda se assemelha aos seus antepassados e parece mais um gato selvagem atento a tudo, porém, esse gato é bastante carinhoso e amável apesar de ser independente.

O gato de Bengala foi criado através de cruzamentos entre um gato leopardo asiático – que na década de 1950 e na década de 1960 era facilmente encontrado em lojas de animais – com um pelo curto doméstico. O primeiro criador a fazer esse cruzamento foi Jean Mill, na Califórnia, onde esse criador havia adquirido um gato leopardo e o deixou junto com seu gato pelo curto preto para que eles não ficassem solitários. Esse criador foi surpreendido, uma vez que não esperava o cruzamento entre as duas raças, mas colheu os frutos de seu resultado: Um gato malhado. Com uma fêmea disponível, ele passou a reproduzir a espécie.

Nessa mesma época, o Dr. Willard Centerwall estava cruzando gatos de leopardo asiáticos com gatos domésticos na Universidade de Loyola. Os gatos leopardos eram resistentes ao vírus da leucemia felina, de modo que os pesquisadores estavam interessados ​​em descobrir se a característica poderia ser transmitida a prole.

Vários criadores ficaram interessados ​​em desenvolver os gatos como uma raça, e o primeiro criador, Jean Mill, foi um deles. Os Bengals começaram a se reproduzir a partir daí, e os gatos de Bengala de hoje são considerados gatos domésticos apesar de seus antepassados selvagens e para serem considerados verdadeiros gatos de Bengala domésticos, deve ser comprovado que ele tenha ao menos quatro gerações de distância com os gatos de linhagens selvagens.

O gato de Bengala foi reconhecido como raça em 1983 em sua versão “experimental” e em 1991 como um gato doméstico de raça.

Características físicas do Gato de Bengala

O gato de Bengala é uma raça considerada forte, e lembra bastante os gatos selvagens como as jaguatiricas. Apesar da aparência que pode enganar, o gato de Bengala é bastante dócil, sendo uma ótima escolha como companhia.

Com um tamanho de médio a grande, corpo forte e musculoso, e com a cabeça um pouco desproporcional ao resto do corpo, o gato de Bengala ainda apresenta olhos grandes e ovais. As orelhas são pequenas e têm a ponta redonda, porém apontadas para frente de maneira a parecerem pontiagudas.

A cauda do gato de Bengala é longa, larga na base e um pouco mais fina na ponta. Quanto a pelagem, o gato de Bengala possui pelo curto, abundante, macio e sedoso. Quanto a cor da pelagem, muitas delas são aceitas com combinações de tons de marrom, tons alaranjados, tons avermelhados e tons castanhos, porém estão excluídas da raça as cores azul e azul-claro.

Com o pelo “malhado” possuindo manchas escuras, essa raça chama bastante a atenção por sua aparência muito próxima dos gatos selvagens. Essas manchas costumam variar suas cores entre os tons de chocolate, preto, canela ou outras tonalidades de marrom.

O pelo sedoso e macio aparece com o tempo, e é normal que o seu Bengala possua um pelo mais áspero na fase filhote, porém, ele não deixa de ser um gato de aparência distinta e muito apreciada.

Temperamento do Gato de Bengala

O gato de Bengala é altamente ativo e muito inteligente. Isto faz com que ele seja um companheiro muito divertido de se viver, porém, pode ser um pouco desafiador ter esse gato em casa, pois ele demanda atenção principalmente na hora das brincadeiras. Em geral, o Bengala é um gato confiante e amigável que está sempre alerta, nada escapa ao seu conhecimento. Entre as brincadeiras preferidas estão: buscar coisas e aprender novos truques. Suas patas ágeis são quase tão boas quanto nossas mãos.

Gatos de bengala entediados também podem adotar alguns hábitos não convencionais (e ligeiramente destrutivos), incluindo: ligar e desligar interruptores de luz, arrancar CDs do seu leitor de DVD, entre outros vestígios que ele provavelmente deixará pela casa.

Esse é um gato que gosta bastante de água e não será incomum encontra-lo nadando em uma piscina, banheira, e ele pode até mesmo querer entrar no chuveiro com você. Se você tem peixes, eles não estão seguros ainda mais porque o gato de Bengala é bastante inteligente.

O gato de Bengala é bastante ativo e ainda gosta de escalar e muitas vezes pode ser encontrado nos locais mais altos da casa. Nas raras ocasiões em que ele não está balançando em lustres ou nadando em sua piscina, o afetuoso gato de Bengala terá o prazer de sentar em seu colo. Na hora de dormir, ele estará com você e inclusive irá roubar sua coberta.

Saúde e cuidados

Os gatos de raça normalmente possuem doenças relacionadas a sua genética e não é diferente com os gatos de Bengala. Apesar dessa raça ser normalmente saudável, algumas doenças podem ser encontradas, como:

Neuropatia distal: Doença que ataca o sistema nervoso e costuma causar fraqueza nesses felinos. Essa doença pode aparecer cedo, no primeiro ano de idade de um Bengala. Apesar da preocupação comum de um dono, muitas vezes esses gatos se recuperam sozinhos dessa doença.

Displasia do quadril: Doença que pode ocorrer de maneira leve ou em casos mais graves e irá causar cansaço e fraqueza nos felinos.

Cardiomiopatia hipertrófica: Tipo de doença cardíaca e hereditária.

Luxação patelar: Tipo de doença hereditária onde ocorre uma luxação que pode ser leve ou grave. Em casos mais graves é possível realizar cirurgia e amenizar consequências.

Outras dicas

Os gatos de Bengala são higiênicos e limpos, porém, sua caixa de areia deverá estar sempre limpa, ou ao contrário eles procuram outros locais da casa para fazer suas necessidades.

Apesar de serem gatos descendentes de uma linhagem selvagem, os gatos de bengala ficam melhor dentro de casa, em ambientes espaçosos, mas sem contato com a rua. Por serem muito bonitos podem ser roubados, e podem ainda ser atacados por outros animais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *