Primeiros cuidados com um gato filhote

Quando se trata de criar um gato filhote, a filosofia é bem semelhante à de educar crianças. Se você fornece o devido cuidado e os ensina ainda quando são novos, você aumenta a probabilidade deles crescerem e se tornarem adultos responsáveis. E se você adotou um gato filhote recentemente ou simplesmente a sua gata deu a luz a novos filhotes, você deve começar a incorporar esse conceito o mais cedo possível.

Durante as primeiras semanas de vida de um gato filhote, existem algumas coisas que você pode fazer para, digamos, ajudá-lo a se adaptar ao mundo. No entanto, na maioria dos casos, os humanos simplesmente observam a mãe do gato desempenhar suas funções e, quando o gato foi separado da mãe ou rejeitado por ela, não sabem quais cuidados ter com o gatinho. E é sobre isso que vamos falar no post de hoje!

Acompanhe-nos agora e veja quais cuidados você deve ter um gato filhote. Vamos lá?

A alimentação de um gato filhote

Alimentação Natural Para Gatos

O leite da mãe do gato filhote fornece tudo o que ele precisa durante as primeiras quatro semanas de vida. No entanto, se você adotou um gatinho recém-nascido que, obviamente, foi separado de sua mãe, é recomendável levar o seu gato filhote ao veterinário a fim de saber mais sobre o melhor substituto de leite para gatos.

Nota: por favor, evite oferecer leite de vaca ao seu gato filhote. Além de ser difícil de ser digerido, o leite de vaca pode causar diarreia em gatos. Portanto, evite-o!

O que um gato filhote pode comer além do substituto de leite?

Após levar o seu gato filhote ao veterinário e obter a indicação do melhor substituto de leite para ele, comece a oferecê-lo o substituto de leite e, entre três à quatro semanas de idade, introduza-o em uma dieta úmida e facilmente mastigável.

Você ainda pode misturar o substituto de leite com um alimento seco ou enlatado. Sirva em uma tigela rasa e alimente o seu gatinho várias vezes por dia. Entre seis e sete semanas de idade, o seu gatinho já conseguirá mastigar alimentos secos sem que você precise molhar no substituto de leite. E ao completar oito semanas de vida, você já poderá desmamar o seu gato completamente e passar a alimentá-lo com ração úmida ou a partir de uma alimentação natural para gatos. Você pode escolher.

Quantas vezes um gato filhote deve comer?

  • Gatos recém-nascidos devem beber o substituto do leite a cada 1-2 horas.
  • A partir das três ou quatro semanas de idade, eles podem ser alimentados com pequenas quantidades de alimentos úmidos entre quatro a seis vezes por dia.
  • Os gatinhos de seis à doze semanas de idade já podem ser alimentados a base de rações ou à base de uma alimentação natural para gatos, quatro vezes ao dia.
  • Já os gatinhos de três a seis meses de idade, podem ser alimentados três vezes ao dia.

Mantenha o filhote de gato quentinho

Se o seu gato filhote foi separado da mãe, é extremamente importante que você o mantenha quentinho em uma casinha para gatos. Uma almofada e uma garrafa de água quente embrulhada em uma toalha é o suficiente. A fonte de calor deve ser posicionada de modo que o gatinho possa se afastar e se aproximar dela à vontade.

Como ensiná-lo a usar a caixa de areia?

Os gatos são muito limpos e higiênicos e gatos filhotes normalmente vão aprender a usar a caixa de areia copiando sua mãe. E quanto ao filhote que foi separado de sua mãe, geralmente basta colocar a caixa de areia perto do gatinho que ele aprenderá sozinho que ali é o local certo para fazer suas necessidades.

No entanto, em alguns casos, não é tão fácil assim e você precisará aprender a como adestrar um gato filhote e ensiná-lo a usar a caixa de areia ou até mesmo o vaso sanitário (sim, é possível, mas com muito trabalho, é claro).

Dica: pegue um algodão e passe na região genital do seu gatinho para estimular a micção e defecação e coloque-o na caixa de areia. Repita o processo até ele aprender.

Preste atenção em possíveis sintomas de doenças

Um gato filhote é mais suscetível a uma série de doenças do que um gato jovem e, sem dúvidas, é sempre melhor pegar um problema de saúde em seus estágios iniciais. Portanto, leve-o ao veterinário imediatamente se o seu gatinho exibir qualquer um dos seguintes sintomas:

  • Falta de apetite
  • Perda de peso sem motivo aparente
  • Vômito
  • Diarreia
  • Abdômen inchado ou dolorido
  • Dificuldade ao respirar
  • Gengivas pálidas
  • Incapacidade ou dificuldade de urinar ou defecar

Enfim, seguindo as nossas dicas de cuidados com um gato filhote, com certeza o seu gatinho crescerá feliz, bem alimentado e livre de qualquer problema de saúde.

E você, gostaria de acrescentar alguma outra dica de como cuidar de um gato filhote? Deixe seu comentário e se interaja conosco!

Leave a Reply

Ad Blocker Detectado

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh