Guia de Raças: Gato Pelo Curto Europeu

O gato de pelo curto europeu – também chamado de gato comum europeu em alguns lugares – é uma das raças mais populares por aqui em função de uma tradição mais rural à qual estes gatos adaptavam-se.

Fácil de conviver em praticamente qualquer ambiente, o gato pelo curto europeu é bastante equilibrado em aspectos físicos e de personalidade, além do fator de fácil cuidado e saúde forte.

Saiba mais sobre o gato pelo curto europeu, ou gato comum europeu:

História e desenvolvimento

A história do gato pelo curto europeu não é exatamente conhecida desde suas origens, pois seu desenvolvimento diz mais respeito ao contexto onde surgiram do que a cuidados genéticos deliberados e intencionais. Sabe-se que a raça conta com vários séculos de história, e há registros de seu transporte para as Américas no início do período colonial.

Os comuns europeus britânicos são alguns dos mais registrados, especialmente em função de seu transporte para os EUA e das linhagens genéticas mantidas sob observação. Na Europa, estes gatos eram especialmente desejados com a função de controle residencial de roedores – tanto em zonas rurais quanto urbanas.

Há registros de transporte destes gatos nos navios ingleses no início do século XVII, o que indica que a raça já estava – há muito – bem estabelecida por lá. Outra parte curiosa da história do gato pelo curto europeu é sua relação com a camada Peste Negra.

No início dos anos 1600, era comum a presença de um gato pelo curto europeu em residências urbanas para o combate contra ratos. Com o início da peste, no entanto, as pessoas relacionaram a doença aos gatos, pois eles eram os primeiros infectados em função de seu contato com roedores. Incontáveis gatos foram mortos, reduzindo o nível de caça aos ratos – verdadeiros transmissores da doença.

Foi apenas com a percepção de que eram os roedores os responsáveis pela disseminação da doença, o gato pelo curto europeu foi rapidamente reintroduzido no cenário urbano, auxiliando no combate da praga.

Aspectos físicos

No que diz respeito às características físicas de um gato comum europeu, nota-se seu corpo forte, mas atlético, e sua estatura média. Trata-se de um gato de trabalho, resistente, forte e equilibrado.

Há diversos padrões de cores para o gato pelo curto europeu, destacando-se sobretudo o acinzentado com listras horizontais em preto como a mais característica delas.

Personalidade e temperamento

Essa raça apresenta a capacidade de adaptação ao ambiente como uma de suas principais vantagens em relação à personalidade. Não se trata de um gato que exija muita atenção, embora seja bastante afetuoso e goste de colo.

Seu nível de independência varia de acordo com as necessidades da rotinas familiar, e sua inteligência permite um treinamento razoavelmente fácil. O gato pelo curto europeu também é capaz de socializar com facilidade com outros animais, além dos humanos.

Saúde e cuidados

O gato pelo curto europeu é fruto de uma longa miscigenação de gatos de trabalho, especialmente em contexto rural. Isso significa que, ao longo da história, a raça foi desenvolvida com a intenção de ser resistente e saudável, o que a torna uma das mais saudáveis entre todos os gatos. Sua expectativa de vida tende a ser superior a quinze anos.

Além disso, não é exigido muito cuidado intensivo no cotidiano do gato pelo curto europeu. Sendo saudável, uma dieta balanceada e a manutenção de consultas veterinárias é suficiente. Seus pelos curtos também não exigem escovação, sendo opcional, a depender da receptividade do animal em relação à atividade.

Leave a Reply

Ad Blocker Detectado

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh