Leucemia Felina: causas, sintomas e tratamento

A leucemia felina é um problema bastante específico de saúde, que é desencadeado por uma infecção viral que gera uma resposta imune do organismo, resultando em tipos de câncer. Essa infecção é responsável pela maior causa de mortes naturais de gatos, e afeta todas as raças.

Em geral, gatos machos são mais propensos a contrair a infecção do que as fêmeas, e o problema é mais comum entre um e seis anos de idade. Saiba mais sobre a leucemia felina, seus sintomas, causas e tratamentos:

Tipos e sintomas

Há basicamente três tipos principais de leucemia felina, consideradas como tipos A, B e C. Respectivamente, destacam-se pela ação de imuno-supressão, crescimento de tumores e anemia severa. Um gato pode ter um ou mais tipos de leucemia felina acumulados.

Entre os principais sintomas do problema, destacam-se a anemia e a progressiva perda de peso, a letargia, linfonodos inchados, diarreias recorrentes e infecções na pele – especialmente em torno de áreas com mucosas.

Muitos gatos afetados ainda apresenta febre, comportamento errático e dificuldade de movimentação, bem como inflamações nos tecidos e mucosas, especialmente na boca e no rosto.

Principais causas do problema

Na maior parte dos casos, a leucemia felina é contraída através da transmissão direta entre gatos: mordidas, lambidas, troca de fluidos e contato com mucosas são as principais formas. Além disso, é comum que o vírus seja transmitido das mães para seus filhotes através do leite, já nos primeiros dias de vida.

Os gatos mais expostos são os filhotes e os machos que possuem acesso ao exterior.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito através da eliminação inicial de outros possíveis problemas de saúde. Em geral, o veterinário busca por outras infecções de naturezas diversas, além da possível identificação de algum câncer de origem não viral.

Com outros diagnósticos mais prováveis eliminados, é realizada um contagem sanguínea para determinar a presença de eventuais problemas distintos. Em alguns casos, o profissional precisa recorrer até mesmo a uma extração de amostra da medula para fazer o diagnóstico completo.

Tratamento

O tratamento é realizado com medicação destinada tanto para as causas da doença quanto para seus sintomas. Além disso, é realizada vacinação recorrente contra o desenvolvimento de outras doenças virais – em especial no intestino e nas vias respiratórias.

Em geral, o tratamento é feito em caso, sem que seja necessária internação. Ela só ocorre quando os efeitos secundários da doença tornam-se muito graves, como anemia crônica, perda muscular excessiva ou instabilidade das funcionalidades básicas do organismo.

Além disso, o tratamento obrigatoriamente deve incluir cuidados com outras infecções, que devem ser evitadas ao máximo. Isso porque a leucemia felina reduz muito a capacidade do sistema imunológico, o que acaba afetando significativamente a sua ação, favorecendo a presença de novos problemas de saúde.

Os sintomas também tornam necessário o desenvolvimento de uma nova dieta, mais rica em proteínas e concentração nutricional, em função da rápida perda de peso e das diarreias recorrentes.

Prognóstico, cuidados e possibilidade de prevenção

A única forma de prevenir a leucemia felina é evitar o contato de seu gato com outros gatos infectados. Isso torna a precaução difícil, especialmente para quem permite que seus gatos acessem locais externos. Há, no entanto, vacinas comerciais que podem prevenir em bom nível a leucemia felina, embora não tenha garantia plena de evitar a doença.

Se seu gato já foi infectado, o prognóstico não costuma ser muito positivo. Estima-se que mais da metade destes animais morra em até três anos após adquirir a infecção. Por isso, é necessário constante estado de observação para quaisquer sintomas de novas doenças, uma vez que qualquer uma delas é potencialmente perigosa para a saúde do seu felino, após a infecção inicial.

Leave a Reply

Ad Blocker Detectado

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh